23 de janeiro de 2016

TAG: Complete a frase!

1 -Casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão” já dizia a minha avó,  e de nada adiantarão os sites de ajuda para poupar, como poupar, ensinar a cozinhar e outras coisas acabadas em… ‘ar’.

Mas, como bom cidadão e amigo do seu amigo, não posso deixar de dar o meu humilde e pequeno contributo, para uma boa poupança de todos aqueles e aquelas que por aqui passam. Acreditem que são dados oficiais, devidamente comprovados e bastante utilizados… querem poupar? Não gastem!

Mais recentemente, dizia o meu mestre de artes marciais (sim, sou praticante desde o tempo que andava na barriga da minha mãe), «não me dês peixe, ensina-me a pescar»… ou então, «manda-me ao talho que não sou caçador».

E perguntarão vocês, «que bebeste, aflores?» Nada, nada de nada a não ser água. Estou em condições  de partilhar convosco, em perfeito juízo e uso das minhas normais capacidades,  aquela máxima que qualquer economista ouve numa esquina da escola, «dá os ovos, nunca dês a galinha».

Depois destas dicas em finais de tarde de sábado, tenho a certeza que a vossa vida será muito mais saudável, ou no mínimo mais sorridente.


2 - E por falar em sorrisos, deixem cá ver se consigo roubar mais um… sorriso, aos meus leitores/leitoras, com as minhas respostas a mais uma ‘tag’ que roubei do blog 'Ontem é só Memória' da jovem e amiga Isabel


Sou muito... burro! (digo muitas vezes)
Não suporto... falta de pontualidade.
Eu nunca... digo «dessa água não beberei».
Eu já briguei... muito.
Quando era criança... queria ser bailarino.
Neste exacto momento: estou reformado e não fui bailarino.
Eu morro de medo… do fim com sofrimento.
Eu sempre gostei... de dançar.
Se eu pudesse... ia viver para V N Cerveira, que adoro!
Fico feliz quando... ofereço presentes.
Se eu pudesse voltar no tempo... evitava alguns erros que cometi.
Adoro... posso dizer, posso? Olha que eu digo.
Quero muito viajar... conhecer Portugal.
Preciso de... perder o medo de voar.
Não gosto de ver... eles (ou elas) a mexer no cabelo quando estão à mesa.

3 - E por hoje chega, agora vou limpar a minha arma porque amanhã é dia de votar. O VOTO é a arma do Povo!

......
I get up in the evening
And I ain't got nothing to say
I come home in the morning
I go to bed feeling the same way
I ain't nothing but tired
Man I'm just tired and bored with myself
Hey there baby I could use just a little help

You can't start a fire
You can't start a fire without a spark
This gun's for hire
Even if we're just dancing in the dark
...


Dancing in the Dark
- Bruce Springsteen

«vê se colocas esse som mais baixo...já não consigo ouvir essa música»

(Está visto... tenho que comprar uns  headphones)


9 comentários:

  1. Olá, meu querido amigo Alberto!

    Juro que não o distraio, incomodo, perturbo, pke sei que está a limpar a sua "arma", coisa que alguns homens não fazem. Acho k alguns desconhecem mesmo e pensam que um duche normal, sem o "fatal e necessário exercício de um jeitinho para trás, é suficiente. Deve ser como a dança, isto é, voluntária, graciosa e que limpe a alma.
    Não é dessa arma que estava a falar/escrever? As minhas mais humilíssimas desculpas, mas a minha imaginação não me obedece. Ora sou santa, ora profana!

    Sem dúvida, VOTAR é importantíssimo, embora eu nas autárquicas nem sempre o tenha feito, pke expressamos a nossa vontade. Se formos vencedores, tanto melhor, caso não, que vença a maioria-Lei da Democracia.

    Pois tem toda a razão: "no poupar é que está o ganho". Poupar é o segredo: pequenos almoços, em casa (sabemos o k comemos, louça nossa, mãos lavadas, etc.), almoços na Assembleia da República (ahhhhh!!!) bué baratos, Alberto, bem, mas eu prefiro chez-moi ou no emprego, e jantar, toujours, toujours em casa, salvo se houver "coisa" k valha a pena, mas com termos. Ai, velhos tempos!

    Qto à Tag que "roubou" fiquei a saber mais umas coisitas a seu respeito, embora já soubesse do seu desejo de ser bailarino e pavor de voar. O ano passado comecei a aprender a dançar Kizomba, ai, so good, mas POR FALTA DE HOMENS, até escrevo em letras maiúsculas, e passados 5/6 meses, as aulas terminaram. Fiquei mega descorçoada e o ginásio, que tinha tudo e mais metade, ficava e fica bem perto da minha casa. Sei k há outros sítios, mas as aulas são às 20 ou 21 h e não são perto da minha zona. Tenho de arranjar um dançarino ou alguém k goste de dançar, "tá" visto.

    Gosto desta música, mas detesto ouvir qualquer música com headphones. Gosto de música bem alta, que me ponha "on" e que contagie os outros.

    AFETOS E CUMPLICIDADES, mon chéri ami e um beijinho com mta amizade.

    ResponderEliminar
  2. Ah! fui eu a estreá-lo, quero eu dizer, fui eu a primeira a estrear os comentários nesta publicação. SO GOOD! Por que será k gostamos de ser os primeiros/as em quase tudo?

    Dias e noites felizes!

    ResponderEliminar
  3. Bom a malta só poupa o que há para poupar, e às vezes não há nada que poupar. O que eu queria saber poupar era a vida e a saúde. Gostava de viver mais uns anitos até ver a neta, transformada numa mulher.
    E votar, voto sempre que eu nunca fui de me abster.
    A tag mostrou um pouquinho mais do amigo, nada de especial, que ao fim e ao cabo a gente sempre se vai desnudando no que escreve. Basta que o leitor esteja atento.
    Abraço e bom domingo.

    ResponderEliminar
  4. Mais um fantástico texto :))))
    Adorei "ler-te" como sempre, pois a tua forma de escreveres é simplesmente...fora de série e dizes tudo...nas entrelinhas...
    Beijinhos e aquele :)

    ResponderEliminar
  5. Acho que perdemos um bailarino... :)
    Quanto ás dicas de poupança tens toda a razão!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  6. Agradeço o largo sorriso que me ofereceu neste dia depois das eleições que não foram à segunda volta.

    Desejo-lhe um feliz semana, meu amigo :) :)

    ResponderEliminar
  7. Fiquei sem aprender como poupar.

    Não gastar? ...Pois...


    Ainda vais a tempo do bailado e da dança ... olha que nunca é tarde.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Adorei a escolha musical... Essa é uma das minhas músicas favoritas!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  9. Bailarino? a sério? por essa não esperava. É uma profissão bela e desgastante!
    É sempre bom perder o medo de voar mas na dúvida convém ter um pára-quedas por perto ;)

    ResponderEliminar