31 de dezembro de 2016

Antes que as luzes se apaguem.

E na última sexta-feira do ano de 2016, fui dar o habitual passeio pela cidade numa noite fria, com muito trânsito e alguma confusão. Ainda bem que deixei o carro bem longe do centro.


Jantamos nas calmas na minha pizaria favorita, conversamos, analisamos, recordamos alguns momentos do ano que agora acaba e até pensamos numa ou noutra coisa para o ano que agora vai começar.


Não me posso lamentar muito, foi um ano fantástico em todos os sentidos, cheio de momentos bons, outros menos bons e também outros que nem uma coisa nem outra, mas, acima de tudo houve a coragem, o saber, a união e também sorte (….a tal que protege os audazes), para ultrapassar e ir em frente, sempre com a finalidade de ser feliz, à minha maneira, eu sei, mas que é a minha.

E que melhor maneira de acabar o ano com uma noite de Natal, em que de novo acreditei no Pai Natal e com a sensação de que, ás vezes, os sonhos também se realizam.









Com todas estas lembranças e deliciosas recordações, passeei pela minha cidade, numa noite fria, com um sorriso enorme, boa disposição e antes que as luzes se apaguem…. Porque aí, a realidade é outra. 

Mas isso “são outros 500” como diz o grande filósofo.


Muita saúde e prosperidade, é o que vos desejo. Bom ano!




Tudo de bom!

Este post é dedicado (não só mas também) a todos aqueles que, com o seu profissionalismo, simpatia, paciência e um sorriso, contribuíram de uma ou outra forma, neste ano que agora acaba, para que fisicamente eu me sinta cada vez melhor, com vontade de festejar mais um ano, e nunca desistir. 
É graças aos meus Prof's de natação, hidro-ginástica e ginásio (e todos os outros com quem já trabalhei, não esquecendo VOCÊS, claro, sempre no meu coração), que me sinto uma pessoa feliz. E é isso que eu quero, ser feliz, de preferência rodeado de gente fantástica, como vocês!

12 de dezembro de 2016

Amizade é... plantar uma árvore

Se me pedissem que em poucas palavras dissesse o que é para mim amizade, acreditem que eu teria imensa dificuldade em fazê-lo.  Uns acreditarão no que estou a dizer, porque me conhecem muito bem, outros dirão… «tás doido, tu? Era facílimo», mas não, acreditem que não é fácil, pois sou mais uma pessoa de… gestos, momentos, e esses sim, é  que contam para mim.

(toca o telefone)


- Ouve lá, o que fazes amanhã? 
Para ti estou sempre livre, já sabes.
- Eu sei, mas não quero que faltes ao ginásio...
Não tenho ginásio à segunda.
- Ok. Então vais ajudar-me a plantar 3 árvores de fruto. Alinhas?
Claro que alinho…. Não percebo nada do assunto, mas tu mandas e coordenas!
- Acho que chegou a altura…  já fizeste dois filhos 😍, já escreveste um livro 😊, portanto, está na hora de plantar uma árvore!😉


E assim foi, logo pela manhã, de uma excelente segunda-feira, e na companhia do meu amigo JL, tive o privilégio (e honra) de plantar a minha árvore de fruto, que, como pecador confesso, só poderia ser uma macieira (risos).



Não sei se vai vingar ou não, se dará frutos saborosos, e se estarei cá para os provar, mas estou certo que a nossa amizade, é de longe, o fruto de uma enorme e cuidada planta, com raízes bem fundas e eternas.


Obrigado amigo! Amizade também é isto… plantar uma árvore.
Grande abraço. Estamos aí, sempre!


Tudo de bom!

:)

;)





10 de dezembro de 2016

Chá, Café e Chocolate

Não é novidade para alguns, que eu não gosto muito da minha cidade nesta altura do ano. São questões “sazonais” como eu lhe chamo.


Para ajudar ainda mais à festa, temos o regresso da praga das obras, chegando a ser impossível circular com qualidade em determinadas áreas da cidade. 
Mas, há que aguentar, e manter a esperança que é por uma boa causa.

Era feriado, havia que aproveitar, sem compromissos, veranear, ora desviando o olhar, fugindo das obras, desviando da multidão, ou simplesmente agradar.








O centro da cidade muda constantemente, mas ás vezes pergunto… até quando?

Tudo de bom!
😉

1 de dezembro de 2016

É oficial.


Eu estive lá (na inauguração da árvore de natal, na nossa cidade), mas o pessoal e a confusão era tanta, que nem deu para tirar o telemóvel do bolso para umas fotos. Por essa razão ficam aqui dois registos da PortoLazer, via facebook.



Portanto, é oficial, começou a época de natal e… o meu período de férias habitual. 😎


Tudo de bom.

:)
;)