31 de janeiro de 2017

É muito tempo... ou não


Passaram 31 dias deste ano de 2017… aceitei o desafio e lá vou tirando umas fotos, e até agora nada há que reclamar. Está em jogo um jantar 😉, ou pago eu ou paga quem me desafiou, e como dizia o meu avô, «teima, mas nunca apostes».

Desafios de lado, o mês até teve momentos excelentes… fotografados ou não, com frio, sol e chuva, o que torna este mês igual a tantos outros. A diferença está, na importância que lhe posso dar, pois de resto é vira o disco e toca o mesmo.

Para o novo mês que se aproxima tenho uma tarefa muito importante, despedir-me do ‘cinquentenário’ e preparar-me para receber  o Sex… Sexagenário.👀😎
Mas antes disso… aproveitemos o tempo…

O tempo, a passar, passou e o que há-de vir. E depois deste tempo todo, e do tempo que não houve… porque não houve tempo, houve tempo… finalmente.


É muito tempo. Ou não...é relativo.

Tudo de bom.

:)

;)

5 comentários:

  1. O tempo, além de ser espiralado como afirmavam os Maias e sabiam o que diziam porque o estudaram profundamente, tem também um factor psicológico.

    Meu caro amigo, bom Fevereiro

    ResponderEliminar
  2. O tempo passa mesmo rápido. Parece que ainda ontem estava a começar o primeiro dia do ano. É demais. Bem, é um belo desafio. Embora ambos fiquem a ganhar no convívio e na boa comida, um ficará a perder na carteira, hehehe.

    Obrigada pela retribuição da visita. Achei o seu blogue muito interessante e sou muito cusca, por isso vou seguir para não perder nada do que se passa por aqui. Se quiser, faça o mesmo. Se recebesse um em alemão, acho que estaria "tramada" mas lá, no site, pede que se escreva sempre em inglês, assim ajuda muito. Eu gosto daquilo e já recebi outro de Nuremberga. Adoro!

    ResponderEliminar
  3. Adorei as fotos, realmente o tempo passa num ápice, mas tendo saúde, o passar dos anos é bem vindo! =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Estou a gostar imenso desse teu desafio - e as fotos são excelentes...
    Beijinhos

    ResponderEliminar