Numa relação interessante


Tenho a dizer-vos que pela primeira vez, comprei um smartphone! É verdade. Até aqui usava  as “retomas” do pessoal cá de casa sempre que mudavam de dito cujo, mas desta vez decidi escolher e comprar um «à minha imagem» pois claro. 



Como sou muito esquisito e cuidadoso com as compras que faço, ainda demorei algum tempo a decidir, não só porque a oferta é imensa , mas, mais importante ainda, devido ao plafond disponível ter limite e não ser aconselhável ultrapassar. 

Não vou dizer a marca porque não me pagam para tal, mas posso adiantar que estou bastante satisfeito, direi mesmo “apaixonado” por este novo brinquedo maluco, com uma excelente relação qualidade/preço.


Ele sabe a que horas eu acordo, os dias que tenho compromissos, as minhas preferências musicais, que tempo vai fazer, se posso ir de calções e manga curta, se vai estar trovoada, sol ou chuva, avisa quando tenho mails para ler, dá-me imagem dos meus contactos quando me ligam (o que é bom quando estou sem óculos), avisa-me, quando estou de serviço à cozinha, se tenho alguma coisa no forno, e até me diz onde posso ir tomar o meu pingo matinal.


Ora, o que eu não sabia, é que o maluco também me pode “espiar”…«Alberto, a tua frequência cardíaca está acima do recomendado»… What? Mas que é isto? Queres ver que ele…  passas a ficar na sala.

«Eu não acredito em bruxas, mas que as há, lá isso há». Dito em espanhol  ficaria muito melhor, mas o que vale é a intenção, e em mês do coração é necessário poupar a mente e (não) evitar determinados esforços… pelo menos alguns. 💓


Tudo de bom.

:)
;)

O enfermeiro e a injecção


O enfermeiro J foi um dos enfermeiros de serviço nos cuidados intensivos, que levou comigo e a quem eu dei muito trabalho (dizem, porque não me lembro de nada) quando estive internado.
Já nos cuidados intermédios e depois na enfermaria, continuei a receber a visita do J de quem hoje sou um amigo. 

Sete anos depois do ‘evento’, ainda hoje me telefona, e sempre que possível vamos beber um copo para colocar a conversa em dia. O que eu nunca contei aqui e sempre que nos lembramos ficamos a recordar, foi uma cena ao final do dia, na altura do meu internamento, em horas de levar com medicação (incluindo uma injecção) … o J entra super irritado a gesticular, com um tabuleiro numa das mãos (com a medicação) e a outra mão a bater na cabeça…

- Ó sr. Flores, Ó sr. Flores...! Quem vai ficar doente do coração e ter uma PCR sou eu! Ai meu Deus, ajude-me.  Desculpe, desculpe…. Estou irritado! O meu amigo é alguém importante? Faz novelas, filmes, é escritor?…. Isto não pode ser, os telefonemas não param! São constantes os telefonemas a perguntar pelo meu amigo… ele é Doutores, e mais Doutores, e enfermeiros, e amigos, e … Ó homem de Deus, mais valia fazer uma conferência de imprensa, caragu! E é sempre no meu turno… veja lá que há um indivíduo (desculpe lá nem sei como chamar-lhe), que é tããããão chato! Fala com sotaque, diz que é o George Clooney ?! e quer saber se está melhor e quando é que tem alta?! Já viu? Hoje já ligou duas vezes!…. Parvalhão. Desculpe lá Sr. Flores, mas hoje isto está difícil, e levar com um tipo que diz ser o George Clooney, é demais, certo?

Eu, que até ali estava só a ouvi-lo, sentei-me na cama e digo-lhe assim textualmente, olhos nos olhos… 

- Enfermeiro J, o George Clooney é meu amigo de verdade e deve estar preocupado, como todos os meus amigos e familiares, e, como tal tenta saber algo por telefone já que não se pode deslocar cá. E já agora, fique a saber que hoje de tarde a Jennifer Lopez  veio visitar-me!

Resposta do enfermeiro que entretanto tinha pousado o tabuleiro e colocado as mãos nos bolsos da bata (com uma cara muito séria): 

- Acho que vou falar com o Dr…. O meu amigo, ao que me parece, já não deve precisar de tomar esta injecçãozinha.  

(Amigo J, conforme prometido aqui está a “nossa história”. Grato eternamente por todo o carinho, profissionalismo e atenção de sempre. Bem-hajas!)


Tudo de bom!

;)
:)

Viver e agradecer.

Já sei que vão dizer «lá está ele a falar do mesmo»... mas, pouco importa e  nem tão pouco é negociável. 
É óbvio que tenho que falar do assunto, tenho que ir (como sempre) ao ginásio (desta vez a uma aula de hidro), enviar uma sms a alguém em especial, comemorar, e, como não podia deixar de ser, demonstrar (se é que isso é possível) mais uma vez a minha eterna gratidão.



Bem-hajam!

Tudo de bom.
:)
;)

Tradição, amizade e coração


Maio é o Mês do Coração, e é também com o coração, que se dá início aos preparativos para mais uma época de Santos Populares que se aproxima.


Até lá há muito para fazer, mas estou certo que o resultado final será, como sempre, aquilo que se espera .

Por estas bandas a tradição continua e continuará, porque a amizade e o coração gostam muito.


Cuidem do vosso coração.
Tudo de bom!

:)
;)

Quanto mais (me) bates

Acordo e vejo que ela não está deitada na cama… onde se meteu o raio da mulher? Talvez esteja já a tomar banho ou a tratar do pequeno almoço, quem sabe?
Sorte a tua, querias tu (digo eu) a um sábado? Tratar do pequeno almoço?
Ó mulher, onde estás tu?... a casa não é assim tão grande para te perder e não me está nada a apetecer jogar ás escondidas.
Espreito mais uma vez… não está a tomar banho, não está a tratar do pequeno almoço, não está no terraço… mau maria. Dou comigo a espreitar debaixo da cama não vá ela querer mesmo jogar ás escondidas, mas nada…
Vou novamente à sala e reparo num papel pousado na mesa… «Bom dia! Fui treinar, apanha-me se puderes. Bjs»
Olha-me este(a)💓 . Quanto mais (me) bates mais eu gosto de ti.💓💓
Tudo de bom.
:)
;)

Saudável e mais barato


Independentemente das tendências, da qualidade, e valor nutricional de determinados produtos da “moda”, eu não vou na cantiga. E então quando vejo o preço/Kg  (é aconselhável ter como referência o preço do Kg) é que perco mesmo o apetite…

Há casos com preços de 40, 90, e 114€ o kg! E estamos a falar de farinhas, cereais, bolachas, barras energéticas e até chás?!


Era já a seguir. Venha daí mas é uma feijoada à transmontana e um tintol à maneira.


Saudável e mais barato.

Tudo de bom.

:)
;)

Pulsações

Dias
Disto e daquilo,
Hoje e sempre.
A treinar intensamente
Só mais um esforço, sem dor, tipo epidural…
Nem faz bem nem faz mal.
Muita paciência melhor que proteína,
Tu és a minha heroína,
Eu sou um herói
E tu a minha vitamina.
Fazes-me chorar, recordar, viver
Só mais um esforço…
E cai o auricular,
Da corrida, passo a andar
Não vá aparecer um canito,
E a minha perna magoar.
Sem cravos, nem ferradelas…
Tua respiração eu sinto,
Quando te aproximas…
(almoçamos por aqui?)
Está na hora de acordar,
Eu preciso de sair,
Olha a aula quase a começar.
Dias
Disto e daquilo
Hoje e sempre vejo-te chegar,
Será que me esqueci de alguma coisa?
Vens calmamente,
Olhar distraído,
Como se nada fosse contigo,
E olhas para mim.
Conheço-te?
Não me parece, estou aqui de passagem
Neste dia, disto e daquilo,
Num início de mês
Que é Maio,
Mês do coração,
Hoje e sempre!

Tudo de bom.
:)
;)

São rosas!


Se pela manhã alguém vos oferecer flores (eu escrevi flores, e não Flores), 😋 isso não é amor, atenção, carinho, simpatia, muito menos poesia.



São rosas! Nada mais que isso. 😊

Tudo de bom.

:)
;)

Entrei solteiro e saí noivo


No meio da sala estava uma miúda que eu conhecia e que dançava muito bem. Não era muito habitual aparecer nos bailes, e quando aparecia era quase sempre acompanhada pela família (controladora).
Deixei tocar uma música,  outra e reparo que tinha dado tampa a alguém que lhe tinha pedido para dançar… vai daí, quando começou uma nova música, fui ter com ela e sem uma única palavra estendo-lhe a mão ao que ela acedeu com um sorriso enorme e um olhar discreto para a irmã que ao lado estava a segurar-lhe no casaco. 

Acreditem se quiserem, ainda hoje me lembro desta cena toda como se fosse hoje… o penteado dela, as calças de ganga que levava, a blusa branca (desapertada até ‘ao maldito botão’), os brincos, as pulseiras e aquele perfume suave que só se sentia quanto estava um pouco mais juntinho a ela…


Estava a pensar que não querias dançar comigo. Finalmente… raramente apareces… e quando apareço quase não me ligas nenhuma, chego mesmo a pensar que me ignoras… deixa-te disso e dança… eu danço, eu danço sempre que quiseres… e vê se não me calcas… eu consigo dançar e conversar ao mesmo tempo… está bem, mas agora dança, depois conversa.


Dançamos toda a noite… mesmo com uma ligeira dor de dentes que me afligiu no início, mas que entretanto tinha parado… ou melhor, parou porque bebi uns bagacitos para adormecer a boca. O pior é que adormeceu a boca e o juízo.

A determinada altura, no meio do nada, ou melhor, no meio do entusiasmo, pergunto à minha companhia da noite… «Queres casar comigo?»

 … E não é que o raio da miúda disse que sim!?

É caso para dizer que entrei no baile solteiro e saí noivo, e dava início aos dois anos mais loucos de toda a minha existência.


Tudo de bom.
:)
;)


Malandro basto eu.

O gabinete da PR está farto de entrar em contacto comigo, pois está interessado em dar o meu nome a um novo aeroporto, estação de caminhos de ferro ou do Metro do Porto. 

Como eu não estou interessado, pois até já tenho uma Rua com o meu nome,
mais precisamente em Vila Nova de Gaia, nem me digno a responder ao referido convite. Não é por nenhum motivo especial, simplesmente não quero, e ainda por cima com a falta de cabelo que tenho é muito provável que o escultor não acertasse muito bem com o corte… 😊

E o mês de Abril (águas mil), está aí, para enganar ou seduzir… pão pão, queijo queijo, vira o disco e toca o mesmo. Vai haver sextas (uma delas santa) e outras que nem por isso, e uma segunda com direito a prolongamento.

E aniversários? Ui, tantos aniversários…😉

Mas para já, é tempo de feriar… Portem-se bem (mal) e façam por ser boas pessoas, porque para malandro basto eu.😎


Quem parte e reparte, e não fica com a melhor parte, ou é tolo ou não sabe da arte. 😋

Tudo de bom!

😊😋


TAG - Muita Informação

Último sábado do mês de Março e ainda por cima com mudança de hora, é a altura ideal para responder a mais uma TAG.
A amiga Teresa, do Blog Ontem é só Memória, gosta muito de me desafiar para estas coisas, e eu sempre que possível aceito e respondo ao desafio com muito prazer.

Aqui vai então:


1. O que você está a vestir? 
No momento em que comecei a responder a esta  TAG estava de avental… pois tinha acabado de fazer o jantar e aguardava que a minha mulher chegasse a casa. Vestia umas calças de ganga, uma camisola de gola alta azul escura (porque o frio voltou) e calçava umas pantufas que me ofereceram no Natal.

2. Já se apaixonou?
Sou um eterno apaixonado.

3. Já teve uma terrível separação?
Já.

4. Qual a sua altura?
1,78

5. Quanto você pesa?
Temos aqui um problema… na minha balança e na balança do médico eu peso 75, mas na balança do ginásio peso 72 (acho que a balança do ginásio está a ser simpática para alguém 😄).

6. Tem tatuagens?
Não. Mas uso pulseiras no pulso esquerdo.

7. Tem piercings?
Tenho um ‘Stent’ colocado no dia 20 de Maio de 2010… não vale pois não?

8. OTP = One True Pairing (casal favorito, pessoas que você acha que são almas gémeas)
Não conheço nem acredito.

9. Programa preferido?
Neste momento acho que nenhum merece esse título de preferido ou favorito.

10. Bandas preferidas?
Como já sou ‘Kota’…falaria aqui de algumas que já não existem, ou nem conheceriam, por isso fico-me por Supertramp, Stones, Deep Purple, Pink Floyd, Queen… dos mais recentes gosto Green Day, Coldplay, (É óbvio que Rui Veloso, Radio Macau, GNR e UHF fazem parte obrigatória das minhas escolhas e preferências)

11. Algo que sente falta?
Nos dias de muito frio lembro-me dos meus longos cabelos que tive quando era jovem.😉

12. Música favorita?
A que estou a ouvir neste momento “Amanhã é sempre longe demais” – Rádio Macau.

13. Quantos anos você tem?
60.

14. Signo?
Peixes.
15. Qualidade que você procura em um parceiro?
Eu tenho uma parceira há muitos anos, com uma qualidade fantástica… paciência em me aturar.😛

16. Frase favorita?
«Mesmo chovendo também faz sol», mas também gosto muito da famosa «olha para o que eu digo e não para o que eu faço»

17. Actor preferido?
Depende … mas gosto muito de Robert De Niro, Matt Damon e James Gandolfini (já falecido) e Nikole Kidman, Anne Hathaway, Meryl Streep, entre outras.

18. Música alta ou suave?
Depende, mas … quase sempre alta (e a minha mulher mata-me)

19. Cor preferida?
Preto.
20. Onde você vai quando está triste?
A lado nenhum que é o melhor. Mas andar, ir ao ginásio ou simplesmente receber um sorriso de alguém costuma ajudar imenso.

21. Quanto tempo você leva para ficar pronto de manhã?
Sempre fui muito metódico, organizado, e acho que sou despachado…  raramente esperam por mim.

22. Quanto tempo  você leva para tomar banho?
Nunca fiz as contas…e tenho a certeza que até hoje nunca me disseram «Vais demorar? Estás a fazer sauna?».

23. Você já esteve em uma briga física?
Lingrinhas como sou, e sempre fui, fugi sempre das brigas, mas já estive em algumas confusões.

24. O que você gosta em uma pessoa?
Que tenha um sorriso e que o divida comigo.

25. O que você não gosta em uma pessoa?
Não gosto de pessoas que não respondem nem dão os bons dias!

26. A razão pela qual entrou no Youtube?
Não sou youtubber.

27. Medos?
Sofrimento físico (para não falar no medo de voar)

28. A última coisa que te fez chorar?
Trilhei a língua…

29. A última vez que você disse  que amava alguém?
Ó diabo… não me lembro.😁

30. Significado por trás do seu youtube?
Não sou youtubber.

31. Último livro que você leu?
Não me recordo, por isso não vale a pena inventar

32. O livro que você está lendo actualmente?
Não tenho lido muito ultimamente.

33. Último show que você assistiu?
Diana Krall 💓

34. A última pessoa com quem você falou?
A minha mulher.

35. A relação entre você e a última pessoa que você mandou uma mensagem?
Cumplicidade blogosférica

36. Comida favorita?
Arroz de feijão vermelho com pataniscas💓💓💓

37. Lugar que você quer visitar?
Cracóvia, Polónia.

38. Último lugar que você esteve?
Antes de responder a esta TAG…. Estive na cozinha a tratar do jantar.

39. Você tem uma paquera?
“Paquera” não, mas… ‘pancada’ sim!😋

40. A última vez que você beijou alguém?
Há pouco, quando a minha mulher me trouxe uma caneca com chá 💕

41. A última vez que você foi insultado?
Infelizmente, sou (somos) insultados quase diariamente, por nossos governantes, através das suas atitudes e decisões. Felizmente que já cheguei a uma idade que só ligo a m**** quando estou distraído.

42. Sabor favorito de doce?
Chocolate.

43. Quais os instrumentos que você toca?
Nenhum.

44. Peça favorita de jóias?
Gosto de ver uma mulher com brincos e aneis… principalmente os que foram oferecidos por mim.💋

45. Último desporto que você jogou?
Basquetebol

46. Última música que você cantou?
Estou proibido de cantar desde o coro da escola primária, até aos dias de hoje, mesmo durante o banho.

47. Frase mais engraçada que já ouviu alguém falar para dar em cima de outra pessoa?
«O gaijo é burro ou imita muito bem»

48. Alguma vez você já usou?
Essa e outras que não digo agora

49. A última vez que você saiu com alguém?
Hoje de manhã, com a minha mulher (e pagou o almoço).


Tudo de bom!
:)
;)

Acho que me enganei outra vez...

Ó sr doutor, como é que é? Faltam as minhas pastilhas “pós caguefes”… não há pastilhas para caguefes (gargalhada geral). Mas então como é que vai ser? E se me dá o fanico? Não vai dar fanico nenhum,  e é bom que não se esqueça de me trazer um postal…. Pois caso contrário fica sem ir ao ginásio uns meses. Nem pense nisso! Ai penso penso e farei isso. Portanto, faz favor de se portar bem, nada de fanicos, caguefes e afins. Combinado? Ok, combinado, mas podia ao menos dar aquelas pastilhas “faz-me rir” para a coisa correr melhor. A minha colega saberá o que fazer na altura… uma semana antes fazemos um “abrandamento” e chega. Não sei não…. Mas sei eu, e até lá ainda falta muito e…esta impressora, (pimba!  sai murro na tampa) que não trabalha nem por nada… eu depois mando-lhe o receituário por sms, pode ser? À vontade, ainda tenho para esta semana.

Pronto, e lá saí eu do consultório meio alegre meio confuso… e atenção que a balança está correcta!  Está a falar sozinho Sr. Flores? Quem? Eu? Não, estou só a falar com os meus botões… quer que chame a Doutora? Não, eu sei o caminho, e quem tem a chave do carro sou eu. Não dá pastilhas “pós caguefes”…. A ver  vamos se não dá. Um postal? Querias!  Estes doutores têm a mania… E depois, ai e tal… fica sem ir ao ginásio uns meses!? O tipo anda a drogar-se com farinha láctea, tenho a certeza. E eu a pagar taxa moderadora para isto…Uns meses sem ir ao ginásio (ah ah ah) deixa-me rir, era o que faltava. Adoro ameaças! Mas eu trago, eu trago o postal… não sei é se haverá da cidade, do País… podem estar esgotados na altura e aí trago “daqueles” postais, certo?

Eram cinco da matina… e ela, no chão, de gatas, procurava a chave do quarto. Posso ajudar? Não obrigado, não sei como aqui vim parar. Olhe, nem eu. Acho que me enganei outra vez na medicação.


Tudo de bom.
:)
;)

A mexer no baú

Já tinha partilhado aqui, uma foto de um Menu/Ementa datado de 1920, do Hotel Avellames em Pedras Salgadas.
Hoje escolhi mais alguns, mas desta vez um pouco mais recentes e de cerimónias oficiais.

Homenagem ao Chefe do Estado, Américo Thomaz

Homenagem ao Presidente do Brasil, Costa e Silva

60º Aniversário dos Fenianos

Capa usada em alguns restaurantes,
 para colocar a Ementa do Dia

Ás vezes dá-me para isto, abrir o baú e viajar no tempo através de um legado de memórias e recordações familiares que cuido e guardo.


Tudo de bom.

:)
;)

Ainda o meu (60º) aniversário

Pois é, aqui o Quase Sex_ já é Sex… agenário!

Foi no passado dia 1 de Março (já estou a imaginar alguém a dizer «Bolas! Esqueci-me outra vez»😆), que desde as 08:45 passei a ser um respeitável  Sex… Sexagenário 😍😎 (para além de 'Lingrinhas', como diz o meu amigo 'Maior'😉).


Foi um dia bem passado (que começou na aula de Hidroginástica com uma turma e Professora fantástica, com direito a ‘Parabéns a Você’🙌), algumas emoções, prendas e um jantar até altas horas da noite, com a minha mulher e filha. 💋
Óbvio que senti a falta do meu filho… que mesmo longe, esteve (está) sempre presente em pensamento e em cada brinde que fizemos.👍💓

Dias antes, no meu ‘Facebook’,   fiz um pedido aos meus amigos que por lá andam (grande parte também andaram ou ainda andam por estas bandas blogosféricas), que me enviassem um postal ilustrado, por correio (com data de 1 de Março), e assim tornarem ainda mais inesquecível o dia, ao mesmo tempo que seriam “culpados” de um sorriso enorme (do tamanho da Torre dos Clérigos😄😄) na minha cara de aniversariante.


E acreditem, ainda hoje esse sorriso continua! 😉😊
Obrigado a todos!


Tudo de bom.
:)
;)



E agora?


Março!

Desafio concluído! Deu-me imenso prazer realizar este desafio, lançado por um amigo em finais do ano passado.

São 60 dias, 60 imagens que retratam o meu dia a dia. A simplicidade de algumas rotinas diárias, de momentos inesperados, que me chamaram à atenção, ou simples recordação.

Foi num ápice que aqui cheguei, um autêntico abrir e fechar de olhos

E agora?

- Agora?! Olha, bate-chapas e tintas Robbialac.    

(Se soubesse tinha colocado "uma fava😋 no desafio/artigo 60/60...
Faz lembrar,  um velho slogan publicitário: «Não tem prémiozinho, não tem comentáriozinho» 
😁
A tradição, nos blogs, já não é o que era. 😃)

video

Bom Ano para mim!👍💗😎

Tudo de bom.

:)
;)

Tag: Conhecendo-Me Melhor

Como é Segunda-Feira, a chuva decidiu voltar, e o ano está a acabar (a partir de Quarta-Feira é Ano Novo para mim), nada melhor que responder a uma 'Tag' que vi no blog A Vida De Diana e Escrita Desajeitada.


1. Consideras-te uma pessoa do dia ou da noite?
Depende, mas principalmente de dia, e a começar bem cedo.

2. Coleccionas alguma coisa?
Não sou coleccionador de nada, mas sim um ajuntador de algumas coisas...
revistas, jornais ou algo com o dia do meu aniversário. Também guardo,
bilhetes de espectáculo e facturas de restaurantes/bares onde vou pela
primeira vez e que gostei. E ainda...😆alguns pacotes de açúcar...e algumas
moedas. Acho que é tudo.😊

3. Qual era o teu programa preferido em criança?
No meu tempo estava a televisão a dar os primeiros passos e só muito depois
é que apareceu uma lá em casa. Gostava de ver os desenhos animados do 'Super-Rato!'

4. Sobre o que pensas antes de dormir?
Pode parecer frase feita mas acreditem que é sincera...O meu pensamento
vai para os meus filhos, e todos aqueles que me salvaram a vida em 2010.
É sem dúvida a melhor forma de iniciar um óptimo descanso (isto se a mulher
não se lembrar de fazer conchinha👄😄).

5. Qual é a tua cor favorita?
Temos um problema aqui... é que gosto muito do preto e branco. Das cores do
nascer do dia, do entardecer e ás vezes do azul. (Eu acho que tenho mesmo um
 problema com as cores)

6. És viciado em algum vídeo ou jogo de computador?
Nada! Nunca consegui aquela agilidade toda no teclado... só mesmo o 'Solitário'👀

7. Tens algum hábito mau?
Neste momento só mesmo o continuar a dar demasiada importância a coisas
que não valem a pena. Mas estou melhor, muito melhor 💪

8. Tens irmão ou irmã?
Vamos lá ver se não me engano: 1 irmão, 3 irmãs e já agora... 13 sobrinhos-
netos e 1 sobrinho- bisneto 😉😋

9. Tens alguma tatuagem ou piercing?
Adorava! Mas para além de ter medo de a fazer, a minha mulher não me deixa.😁

10. Qual é a tua flor favorita?
Girasol e Malmequer.

11. Quando pequeno, o que querias ser quando crescesses?
Dançarino.

12. O que guardas debaixo da cama?
Malas de viagem.... por falta de espaço noutro local.

13. Consideras-te organizado ou desarrumado?
Demasiado organizado. Talvez feitio ou danos colaterais de 38 anos de profissão. 

14. Se pudesses viver em qualquer lugar do mundo, onde seria?
Tenho um sonho antigo...ir viver para Vila Nova de Cerveira.👄😊

15. Qual é o teu filme favorito?
São muitos, por isso vou tirar à sorte da lista...'Interstellar'.

16. Qual o actor ou actriz que dizem que se parece contigo?
Nenhum... acho que sou único😋😃😃😃

17. Diz uma coisa que as pessoas não sabem sobre ti.
Não sabem e vão continuar a não saber, pois não vou dizer.😐

18. Qual a última mensagem do teu telemóvel?
«Ó meu, desculpa lá... nunca sei se fazes anos hoje ou amanhã?» 😆😜

Adorei partilhar este momento convosco. Ficaram assim a conhecer um pouquinho mais do 'aflores'.
Boa segunda, excelente semana e... até pr'o ano!

Tudo de bom!

:)
;)

Alguém engoliu a fava

Quando eu era um jovem e chegava a esta altura de mais um aniversário, começava a falar com aqueles amigos que eu sempre gostei de ter ao meu lado nesse dia, e convidava-os para o encontro habitual em minha casa para a famosa fatia de bolo, comer e beber mais qualquer coisa.

Nunca fui muito de festas. Aliás não tenho memórias nenhumas de festas de aniversário… a não ser quando comecei eu a fazê-las já “homenzinho”, trabalhador-estudante, e sempre sem dar trabalho  à minha mãe que não gostava de confusões mas fazia questão de provar do bolo, que era sempre feito por mim.

Eu não podia deixar nada sujo,  e depois da festa a casa tinha que ficar arrumada e limpa. «Isso é assunto teu» dizia ela quase sempre aborrecida por ter que aguentar umas horas de confusão e barulho, mas acabava por dar o braço a torcer e convivia com os presentes.

Humores à parte… lembro-me um dia, depois de preparar a mesa com uns petiscos para os convidados que mais tarde chegariam, que abri o forno e tirei o bolo que estava cozido e pronto para desenformar. 
Foi precisamente naquele momento famoso (e delicado) de virar a forma para fazer deslizar o conteúdo para o prato que, sem explicação possível (e não se tratava de falta de jeito pois já tinha feito aquilo várias vezes), a forma vai para um lado, o prato para outro e o bolo… zás! No chão (depois de ter batido na beira da mesa), numa viagem alucinante e rápida, ficando partido aos meus pés.


Após um momento de boca aberta, sem saber como aquilo aconteceu, começo a insultar o bolo (até parecia que tinha culpa), a forma, o prato, com quase todos os nomes sonantes da época, até que a minha mãe chega e me pede moderação na linguagem (acho que nessa altura ela já ouvia mal, mas percebeu perfeitamente o que eu estaria a dizer), seguido da famosa frase: «És sempre o mesmo cabeça no ar. Lindo serviço» virando costas e esperando que eu resolvesse o assunto rapidamente….

Depois de analisar a situação, com  mesa posta e convidados dali a nada a chegarem e sem tempo para fazer novo bolo, decido “meter mãos à obra”… arranjo um prato novo (o outro partiu), apanho o bolo do chão, e reconstruo o dito no prato. À primeira vista até nem tinha mau aspecto, mas a verdade é que parecia que tinha andado na guerra colonial… por isso, decido fazer uma cobertura para o bolo aproveitando as claras… qualquer coisa no género, e até que deu para disfarçar um pouco.

Mais tarde, e já com os convidados em casa, na hora de cantar os parabéns e atacar a “obra prima” eu peço desculpa aos presentes pelo aspecto do bolo, desculpando-me que foi devido a ter usado uma farinha diferente… mas, para compensar, avisei que tinha colocado algures no bolo, um brinde, tipo fava no bolo-rei como acontecia nessa época  (isto é que ele é esperto), que dava direito a quem saísse, a jantar comigo num restaurante italiano que tinha sido inaugurado há pouco tempo no Porto, e eu é que pagava o jantar.

O bolo foi todo! «Estava uma delícia» disseram todos. A minha mãe provou e gostou, e eu não paguei jantar nenhum 😊 Alguém  engoliu a fava… ou melhor, a “mentira”. 😋


Actualmente não faço bolos, encomendo e de preferência de gelado!


Tudo de bom!
:)
;)