8 de fevereiro de 2016

Vozes de burro


A ideia era poupar nos combustíveis, então, armei-me em “carapau de corrida” e fui de transportes públicos para o trabalho. Já me levantei um pouco tarde, por isso tive que “dar corda aos sapatos” para apanhar o autocarro, apercebendo-me rapidamente que mesmo não fumando, fiquei com os “bofes de fora’. 

Felizmente, cheguei ao trabalho ainda dentro da minha hora.

É verdade que não tenho nenhum contrato assinado, é tudo "cinco tostões de boca", evitando o imposto de selo (o quê? não incide? Faz de conta), mas gosto de cumprir o acordo e horário estabelecido.
Se bem que… acho que terei de rever a situação pois há muitos anos que trabalho mais de 35 horas!

hoje me apercebi que estamos no carnaval, quando a minha patroa me comunicou que amanhã estou dispensado porque há tolerância de ponto. Confesso que não dou importância ao carnaval… o País anda em constante festa carnavalesca, e eu dispenso mais máscaras e festas do género.
Mas um “feriado” sabe sempre bem.


Segundo um estudo que li atentamente (não me lembro é da autoria), com o avançar da idade passamos todos a ser do Ben…Fica (!?)


- Benhe (atenção à pronúncia)
uma gripe e …fica
a artrose e… fica
a calvície e… fica
a disfunção e… fica
colesterol e… fica!
E como se a lista não bastasse, reparo que levanto bem a perna esquerda… e não caio, levanto bem a perna direita… e não caio, mas, se levanto as duas ao mesmo tempo… dou um grande trambolhão.

Ainda há quem venha com aquele discurso que «o avançar da idade proporciona mais sabedoria, paz, serenidade…» e já não me lembro do resto. São doidos ou nunca comeram uma feijoada feita pelo JL. J

foto by_aflores


E pronto, o intervalo da manhã acabou e tenho que regressar “ás lides”.  Mas antes… vai sair um cimbalino! 



«É carnaval, ninguém leva a mal».

:)

;)



8 comentários:

  1. O melhor destes dias de férias é poder descansar. Com humor e boa disposição, melhor ainda!
    Boa semana. Tudo de bom

    ResponderEliminar
  2. Não te podes queixar da entidade patronal, é o que é...
    Quanto ao problema das pernas, acontece-me o mesmo. Olha que coincidência!

    ResponderEliminar
  3. O que eu me ri com o seu post. E a parte final lembrou-me uma anedota, dum papagaio que falava muita asneira, e a dona levou-o ao padre para lhe ensinar a falar de outra maneira. Quando o padre o devolveu, disse-lhe que o papagaio já não dizia asneiras e até tinha aprendido a rezar. Mandava-se levantar a pata esquerda e ele rezava o Pai- nosso. Mandando levantar a direita, rezava a Avé-Maria.
    Num chá com as amigas ela quis mostrar como o papagaio estava mudado, mas com a precipitação enganou-se e ordenou:
    -Louro, levanta as duas patas.
    -F***-**, que a gaja é maluca. Se levantar as duas patas caio de cu.
    Um abraço e bom Carnaval

    ResponderEliminar
  4. Oh não culpem a idade, és um jovem dos mais jovens que conheço!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  5. Olá amigo Alberto. Também me ri e muito e acredito nessa sabedoria e humor que nos vai dando a idade. Só não acredito é no ..... fica porque continuo no meu clube embora faça um trocadilho para te dizer fica bem sem Benfica. Gr. Abraço

    ResponderEliminar
  6. Ah fiquei curiosa em relação a essa tal feijoada!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  7. Bom, resolvi actualizar minha leitura por estas bandas...resultado?!
    Não caí de cu, porque estou bem sentada, porque só tu para me fazeres rir, numa tarde (e dia) chuvoso e bem desanimador.
    Beijinhos e...fica com aquele :)

    ResponderEliminar
  8. Sempre distribuindo boa disposição :-)

    Sensibilizada pela tua presença amiga, sempre, em 'fragmentos'. Lamento ter-me atrasado tanto, mas a 'escrita' está agora toda em dia.

    Tudo de bom :-)

    ResponderEliminar